Choramigo é o grupo escalado para o primeiro Sabadinho Bom de 2017, e sobe ao palco da Praça Rio Branco neste sábado (7) disposto a mostrar o que sabe fazer de melhor: executar, com esmero, clássicos do choro. “Os autênticos chorões estarão todos lá”, avisa o violonista Pelágio Nericio.

A apresentação começa às 12h30, em uma promoção da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através de sua Fundação Cultural (Funjope). O acesso é gratuito.

O ponto alto do show é o set dedicado a Pixinguinha (1897-1973). Além de clássicos como ‘Naquele tempo’, e ‘Desprezado’, o septeto paraibano presta uma homenagem aos 100 anos do histórico choro ‘Carinhoso’.

Pixinguinha lançou ‘Carinhoso’, ainda em uma versão instrumental, em 1917. Mas a deixou de lado (até 1928, quando ela ganharia seu primeiro registro em disco) por seu caráter “moderno”.

Com Pelágio (violão 7 cordas), Sergio Aires (flauta), Salvador di Alcântara (bandolim), Alexandre Rodrigues (sax e clarinete), Anderson Maxwell (cavaquinho), Mano (pandeiro) e Candinho Pessoa (tantã) na formação, o Choramigo ainda executa obras de Sivuca (‘Músicos e poetas’, ‘Homenagem à velha guarda’, ‘Entardecendo’ e a obrigatória ‘Feira de mangaio’) e Severino Araújo (‘Chorinho em aldeia’, ‘Espinha de bacalhau’), entre outras.